Buscar
  • Donata Meirelles

Livros que te fazem viajar sem sair de casa

Viajar longas distâncias é uma realidade, trocadilhos a parte, distante. Mas isso não nos impede de mergulhar em algumas das paisagens mais incríveis do mundo de uma outra maneira: através de elegantes livros de mesa de centro (os coffee table books), com belíssimas fotos e textos de frequentadores assíduos daqueles pedaços de paraíso. Aqui listamos seis livros que, além de serem ótimos objetos de decoração, te levam para viajar sem sair de casa.



Amalfi Coast, Assouline, Carlos Souza


Carlos de Souza e Charlene Souto são viajantes assíduos e têm propriedade para falar de certos destinos. A Costa Amalfitana é um deles, e ela acaba de ganhar uma homenagem em forma de um belo livro de fotografias, o Amalfi Coast, publicado pela editora Assouline. Cacá e Charlene te levam à costa conhecida por suas paisagens verticais, cidades encrustadas nas montanhas, casinhas de azulejos coloridos, limoeiros, muito sol e o azulíssimo Mar Tirreno. Não à toa, o destino composto por 13 cidades ao sul de Nápoles é o favorito de tantas personalidades há anos – Jackie Kennedy, Grace Kelly e Elizabeth Taylor foram algumas das frequentadoras ilustres da cidade de Ravello, por exemplo. Além de belas fotos, a visão e texto de Cacá e Charlene complementam a “pintura” do local, e nos faz sentir como se estivéssemos na Catedral de Amalfi, na Villa Rufolo em Ravello ou em tantas outras paisagens de tirar o fôlego da Costa Amalfitana. Um alento para quem ama o dolce far niente mas está a alguns milhares de quilômetros do paraíso italiano.



The French Riviera in the 1920s, Assouline, Xavier Gerard


A Riviera francesa, ou Côte d’Azur, área do sudoeste francês que vai até a fronteira com a Itália, não é exatamente uma novidade no quesito destinos badalados. Na verdade, atrai turistas desde o final do século 18, e viu o turismo ser intensificado no século 19 com a construção da ferrovia que ligava Paris àquela região. Acontece que durante muito tempo a Côte d’Azur era um destino de inverno, onde turistas britânicos se refugiavam do frio. A cena mudou após a Primeira Guerra, quando o verão da Riviera se encheu de convidados ilustres como Ernest Hemingway, Pablo Picasso, Coco Chanel, Jean Cocteau, só para citar alguns. A década de 1920 transformou a Riviera Francesa, então, em um grande centro de criatividade – e do joie de vivre – e marcou tanto a região que ganhou um livro assinado pelo historiador da arte Xavier Girard, que descreve os lugares, as personalidades e os acontecimentos que a marcaram. Os textos, as lindas fotos históricas e as ilustrações nos levam a, além de uma viagem geográfica, a uma viagem no tempo.




In the Spirit of Rio, Assouline, Bruno Astuto


Algumas das belezas do Rio de Janeiro são as suas praias, os monumentos, a arquitetura antiga misturada com a moderna e suas florestas tropicais em meio à paisagem urbana, mas talvez o símbolo mais emblemático da cidade são seus “filhos”: os cariocas. E é exatamente um ilustre jornalista carioca, meu grande amigo Bruno Astuto, que assina o livro In the Spirit of Rio, com registros e histórias da Cidade Maravilhosa desde a época em que era capital do Império Português até o século 21. Convidados ilustres como Mick Jagger, Marlene Dietrich, Rita Hayworth participaram de algumas dessas histórias, que incluem festas, glamour, carnaval e tudo o que há de boêmio no Rio. Com prefácio de Paulo Coelho, o livro traz retratos de um Rio de Janeiro de grandes contrastes e que já passou por muitos altos e baixos, mas que, com o perdão do trocadilho, continua lindo.




The Monocle Book of Japan, Thames & Hudson


O The Monocle Book of Japan, recém lançado em maio desse ano, é resultado de anos de pesquisa e reportagens da revista britânica Monocle, e procura “trazer uma visão única às pessoas, produtos e lugares que definem o Japão”, segundo a publicação. Entre os conteúdos do livro está a caçada pelos melhores noodles do mundo, um passeio pelas lojas mais descoladas do país e dicas de compra de produtos que se destacam pelo design. Arquitetura, tanto a milenar quando a moderna, esporte e estilo de vida japoneses estão retratados em fotos e textos que levam a um mergulho – seguro – no outro lado do mundo.



Grand Tour, Taschen, Harry Seidler


Ao contrário dos livros citados acima, o “Grand Tour” não se dedica a só uma nação ou região. Na verdade, é uma viagem por monumentos grandiosos ao redor do globo – estamos falando da Opera House de Sidney, do Taj Mahal, do Coliseu, do Catedral do Sangue Derramado em São Petersburgo e muitos outros, alguns modernos e outros datados de 3000 A.C.. O autor do livro, o arquiteto austríaco Harry Seidler, passou mais de 50 anos viajando pelo mundo e, com a ajuda do fotógrafo – e seu irmão – Marcell Seidler, reuniu nesse livro algumas das obras humanas mais impressionantes do planeta. Fotos, plantas baixas e descrições do arquiteto que fazem nossa listinha de lugares para visitar após a pandemia ficar um tanto maior.

0 visualização
Encontre a Donata nas redes!
  • Donata Meirelles Instagram

Instagram

  • Donata Meirelles Twitter

Twiiter

  • Donata Meirelles Linkedin

Linkedin

  • Donata Meirelles Instagram
  • Donata Meirelles Linkedin
  • Facebook Donata Meirelles
  • Twitter