Buscar
  • Donata Meirelles

Como as grandes marcas estão colaborando no combate à pandemia do Covid-19

Atualizado: Abr 16

Em tempos de pandemia global, o comércio e as indústrias, assim como quase todos os aspectos das nossas vidas, mudaram radicalmente. Mas, assim como nós indivíduos podemos fazer nossa parte ao ficar em casa, por exemplo, a indústria da moda também tem procurado fazer sua contribuição. Muitas grandes marcas e corporações brasileiras e internacionais direcionaram sua capacidade produtiva para fabricar produtos essenciais para o enfrentamento da Covid-19. Listamos aqui alguns desses esforços:


Reprodução/ Revista W Cate Blanchett por Tim Walker, 2015

Iniciativas internacionais


A LVMH, maior conglomerado de moda e luxo do mundo, anunciou que vai utilizar três centros de produção de perfumes para fabricar álcool em gel e distribuir gratuitamente para o governo francês, já que o país corria risco de falta generalizada do produto. A Dior, também do grupo, direcionou uma fábrica de roupas infantis para produção de máscaras de proteção.


Já a concorrente Kering, holding que engloba Gucci, Saint Laurent, Balenciaga e tantas outras marcas de luxo anunciou a importação de 3 milhões de máscaras da China e a produção de ainda mais unidades da peça de proteção por parte das suas marcas, além de doações para Instituições e hospitais que trabalham no combate ao coronavírus.

Além dessas, a Chanel vai produzir máscaras e roupas de proteção, e doou US$1,3 milhões para o sistema público de saúde francês. Giorgio Armani, Valentino, Prada também realizaram doações de equipamentos e recursos financeiros para o combate da doença.


Moda nacional


Por aqui, muitas marcas e grupos de moda também procuraram ajudar no combate ao coronavírus. De ações locais em cidades onde se concentram as fábricas a doações a grandes Instituições, a moda brasileira se junta contra um inimigo em comum.


Arezzo

A Arezzo&Co, grupo das marcas Arezzo, Schutz, Anacapri, entre outras, doou 10 mil pares de sapatos para hospitais da rede pública. Além disso, vai produzir 25 mil máscaras para cidades do Rio Grande do Sul com a parceria de fornecedores de tecido locais.

Riachuelo

A gigante do varejo brasileiro produziu aventais hospitalares, máscaras, toucas e jalecos, 10 mil unidades de cada item. A produção será destinada aos estados de São Paulo e Rio Grande do Norte.

Renner

Com uma doação de R$ 4,1 milhões, a Renner vai ajudar hospitais que compõem o Sistema Único de Saúde (SUS) nos estados de São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Parte dessa doação irá para a comunidade do bairro de Bom Jesus, em Porto Alegre, onde fica a sede administrativa da marca.


Além disso, a empresa anunciou que não haverá demissões sem justa causa em todo o período da crise do coronavírus.

PatBO

Desde 18 de março e até 30 de abril, a PatBO tem revertido 10% das vendas no seu e-commerce para o Projeto Rizoma, que trabalha com crianças e adolescentes da comunidade Olga Benário, situada na região do Capão Redondo, em São Paulo. A comunidade, que vive em condições precárias de saneamento básico, receberá, por meio da doação da marca, itens de higiene pessoal recomendados pela OMS. Parte das vendas do tradicional bazar anual da PatBO, que pela primeira vez será online, também será doada para o Projeto Rizoma.

Grupo Morena Rosa

O Grupo Morena Rosa é composto pelas marcas Morena Rosa, Iódice, Lebôh, Zinco e Maria Valentina. Eles já produziram 60 máscaras com respiradores, que foram doadas para a Santa Casa de Cianorte, cidade do Paraná onde fica a sede do grupo. Além disso, já produziu 7 mil máscaras comuns, distribuídas à cidade da sede e ao estado do Paraná.

Vivara

A Vivara fechou uma parceria com a organização humanitária Cruz Vermelha Brasileira. Juntas, elas irão distribuir 10 mil kits de higiene com álcool em gel, sabonete antibacteriano, máscara, além de um folheto com todas as dicas e protocolos de segurança recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde. Os kits serão direcionados a unidades de saúde, centros de acolhida de idosos e a população em situação de rua, principalmente nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

Grupo inBrands

O Grupo Inbrands, da qual fazem parte marcas como Ellus, Richards e Salinas, anunciou uma doação para compra de kits de higiene e alimentação em apoio ao combate do COVID-19.


O grupo se uniu ao Alicerce Educação, instituição que promove ensino e empregabilidade nas periferias brasileiras.


A doação virá de 10% do valor das vendas nos e-commerces das marcas do grupo. Os produtos dos kits, adquiridos de pequenos comércios, incluem agua sanitária, detergente, pasta de dente, arroz, feijão, macarrão e farinha de trigo.

Grandene

A holding de calçados, que engloba a Melissa, Ipanema e Rider, entre outras, vai produzir 250 mil kits de proteção individual para profissionais de saúde pública. Os kits com jaleco, touca, protetor de pés e máscaras faciais serão produzidos nas fábricas de Sobral (CE) e Farroupilha (RS) e destinados às Secretarias de Saúde dessas cidades.


Tânia Otranto

Não é são só pessoas jurídicas que bolam ações para ajudar. A Tânia Otranto, sócia diretora da MktMix, se juntou às amigas Fernanda Padilha e Malo Pires para confeccionar máscaras de tecido para comunidades. Contando com a ajuda de amigos para remunerar as costureiras que estão firmes na produção, a iniciativa já tem 3 mil máscaras de prontas. Os tecidos foram doações de empresas de moda, como a Osklen e a Regatta Tecidos, da amiga Muriel Matalon e da escola Avenues São Paulo.

25 visualizações
Encontre a Donata nas redes!
  • Donata Meirelles Instagram

Instagram

  • Donata Meirelles Twitter

Twiiter

  • Donata Meirelles Linkedin

Linkedin

  • Donata Meirelles Instagram
  • Donata Meirelles Linkedin
  • Facebook Donata Meirelles
  • Twitter